Sem categoria › 29/09/2015

01 DE OUTUBRO FESTA DE SANTA TERESINHA

Santa Teresinha impossibilitada de acompanhar sua Comunidade nos atos comunitários e nos trabalhos do convento, jamais se sentiu inútil ou complexada: Sentada no claustro, já bem doente e extremamente fraca, com seu jeitinho especial e sabiamente iluminado, encontrava mil maneiras de servir a Deus e aos irmãos, amar e ser feliz. Dizia: “Permaneço pequena, não tenho outra ocupação que colher flores, as flores do amor e do sacrifício, e oferece-las a Deus para lhe dar prazer. Quero ser nas mãos de Deus, uma florzinha, uma simples rosa, cuja vista e perfume lhe sejam, no entanto, como um descanso, uma pequena alegria de acréscimo”.

Essas e outras estratégias lhe faziam sentir-se serena, tranquila e feliz no interior do Carmelo. Tudo lhe fazia sentido. Costumava dirigir preces a Deus pelos missionários que, por ventura estivessem sofrendo em terras distantes, longe de sua Pátria, de sua família e passando por tantas outras dificuldades.

Você já leu a História de uma alma? Não? Então leia. Vai lhe fazer bem e descobrir que há muitas maneiras de trabalhar para o reino de Deus, muitas maneiras de ser missionário (a).

Venha participar conosco do encerramento da Novena na próxima quinta feira (dia 01) Venha buscar uma rosa de Santa Teresinha. Teremos missa com a bênção das rosas às 7h e às 19h30. Faremos o sorteio de duas imagens dela. Boa sorte!

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.